[1]
B. Pechberty, “A psicanálise da criança: uma situação violenta”, Estilos Clín. (Online), vol. 6, nº 10, p. 7-27, jun. 2001.