[1]
N. D. T. G. dos Santos e S. A.-J. Zornig, “Primeiros tempos da maternidade: indiferenciação ou intersubjetividade na relação primitiva com o bebê?”, Estilos Clín. (Online), vol. 19, nº 1, p. 78-90, abr. 2014.