O amor pela locução e o movimento das rádios livres sorocabanas pela perspectiva de Silvana Lima

Autores

  • Felipe Parra Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
  • Luciano Victor Barros Maluly Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
  • Beatriz Buschel Pasqualino Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

DOI:

https://doi.org/10.11606/extraprensa2021.190834

Palavras-chave:

Comunicação radiofônica, Rádios livres, Rádios livres sorocabanas, Entrevistas semiestruturadas, História oral temática

Resumo

As rádios livres consistem em meios de comunicação que estimulam a participação ativa do sujeito. Dessa forma, as pessoas podem reverberar suas ideias pelo espaço eletromagnético sem sofrer censuras. Essa forma diferente de fazer rádio adquiriu popularidade na cidade de Sorocaba (SP). Entre as décadas de 1970 e 1980, o município ficou conhecido pelo grande número de emissoras caseiras. A importância dessa ação é descrita em alguns livros e artigos científicos; todavia, nota-se que há poucas informações sobre essas mídias na academia. Nesta entrevista, Silvana Lima fala sobre sua participação nesse movimento. O intuito da atividade é coletar dados, na tentativa de elaborar um panorama sobre essas mídias. A entrevista foi realizada em Sorocaba, em 27 de abril de 2019, e utilizou alguns conceitos de história oral temática e entrevistas semiestruturadas como metodologias de investigação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Parra, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Bolsista do CNPq.

Luciano Victor Barros Maluly, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Doutor em Ciências da Comunicação pela ECA-USP. Professor de radiojornalismo na mesma instituição.

Beatriz Buschel Pasqualino, Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da ECA-USP.

Referências

MACHADO, Arlindo; MAGRI, Caio; MASAGÃO, Marcelo. Rádios livres: reforma agrária no ar. São Paulo: Brasiliense, 1986.

SOROCABA, a capital das rádios piratas. O Cruzeiro do Sul, Sorocaba, p. 16, 11 mar. 1984.

BERNAL TORRES, César Augusto. Metodología de la investigación: para administración, economía, humanidades y ciencias sociales. Bogotá: Pearson Educación, 2006.

MACHADO, Arlindo; MAGRI, Caio; MASAGÃO, Marcelo. Rádios livres: reforma agrária no ar. São Paulo: Brasiliense, 1986.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom. Manual de história oral. São Paulo: Loyola, 2002.

SOROCABA, a capital das rádios piratas. O Cruzeiro do Sul, Sorocaba, 11 març. 1984. Sorocaba, p. 16.

Downloads

Publicado

2021-05-05

Como Citar

Parra, F., Maluly, L. V. B., & Pasqualino, B. B. (2021). O amor pela locução e o movimento das rádios livres sorocabanas pela perspectiva de Silvana Lima. Revista Extraprensa, 15(1), 108-118. https://doi.org/10.11606/extraprensa2021.190834