Influência e atualidade de Paulo Freire nos estudos em comunicação e no jornalismo: o retorno ao pensamento freiriano frente aos desafios contemporâneos

Autores

  • Hebe Maria Gonçalves de Oliveira Universidade Estadual de Ponta Grossa

DOI:

https://doi.org/10.11606/extraprensa2021.191311

Palavras-chave:

Paulo Freire, Comunicação, Jornalismo, Pesquisa, Centenário de Paulo Freire

Resumo

Este artigo reúne abordagens que situam as influências e atualidade do pensamento de Paulo Freire nos estudos em comunicação e jornalismo e destacam o educador entre os pesquisadores expoentes nessa área de conhecimento na América Latina do final dos anos 1960 aos anos 1980, e com uma ascendente presença nas pesquisas a partir dos primeiros anos do século XXI. Assim, demonstramos que as ideias de Paulo Freire não foram superadas, muito menos a sociedade excludente e injusta contra a qual o pensador construiu toda sua práxis teórica. Nesse sentido, também observamos, nos estudos contemporâneos em comunicação e no jornalismo nesta segunda década do século XXI e nas inúmeras celebrações de seu centenário, a força do retorno a Paulo Freire.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hebe Maria Gonçalves de Oliveira, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Jornalista, professora associada da Graduação e Mestrado em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), no Paraná. Doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos/São Leopoldo/RS), em 2010, e Mestrado em Comunicação pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp/São Bernardo do Campo), em 2002. Coordenadora do Democracia & Direitos Humanos, projeto de extensão ligado à Agência de Jornalismo da UEPG, na parceria com a Rádio Comunitária Princesa (FM 87,9 e internet), em Ponta Grossa.

Referências

ALCURI, Gabriela et al. O Relatório MacBride – história, importância e desafios. In: SIMULAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA SECUNDARISTAS, 12., Brasília, DF. Anais […]. Brasília, DF: ONU, 2012. p. 143-165.

BELTRÃO, Luiz. Folkcomunicação. A comunicação dos marginalizados. São Paulo: Cortez, 1980.

BERGER, Christa. A pesquisa em comunicação na América Latina. In: HOHLFELDT, Antonio; MARTINO, Luiz C.; FRANÇA, Vera Veiga (org.). Teorias da comunicação. Conceitos, escolas e tendências. Petrópolis: Vozes, 2001. p. 241-277.

BRASIL. Lei nº 13612, de 13 de abril de 2012. Declara o educador Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira. Brasília, DF: Presidência da República, 2012. Disponível em: https://bit.ly/34v0g57. Acesso em: 30 set. 2021.

COGO, Denise. Da comunicação rural aos estudos de audiência: influências da obra de Paulo Freire no ensino e na pesquisa em comunicação social. Projeto Vida no Campo, Sete Barras, t 2009.

COMUNICAÇÃO popular. [S. l.: s. n.], 2021. 1 vídeo (80 min). Publicado pelo canal nestante. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=s8NqJQGrBV4. Acesso em: 30 set. 2021.

FERNANDES, Guilherme Moreira; POLISSENI, Maria Lúcia de Castro; GERALDO, Romário. Possibilidades da folkcomunicação na extensão universitária: diálogos a partir de Paulo Freire. In: CONGRESO IBEROAMERICANO DE EXTENSIÓN UNIVERSITÁRIA, 11., 2011, Santa Fé. Anais […]. Santa Fé: UNL, 2011. Disponível em: https://bit.ly/3zB6lIO. Acesso em: 30 set. 2021.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

HOHLFELDT, Antonio. A comunicação enquanto diálogo em Paulo Freire e Luiz Beltrão. Revista Latinoamericana de Ciências de la Comunicación, São Paulo, v. 11, n. 6, 2009.

LIMA, Venício A. Comunicação e cultura: as ideias de Paulo. 2. ed. Brasília, DF: Universidade de Brasília: Fundação Perseu Abramo, 2011.

MAZUI, Guilherme. Bolsonaro chama Paulo Freire de ‘energúmeno’ e diz que TV Escola ‘deseduca’. G1, Brasília, DF, 16 dez. 2019. Disponível em: https://glo.bo/3n3Gxjo. Acesso em: 30 set. 2021.

MEDITSCH, Eduardo; FARACO, Maria Bittencourt. O pensamento de Paulo Freire sobre Jornalismo e Mídia. Biblioteca on-line de Ciências da Comunicação, Covilhã, 2003. Disponível em: https://bit.ly/3f4lAAd. Acesso em: 30 set. 2021.

MELO, José Marques de. A comunicação na pedagogia de Paulo Freire. In: MELO, José Marques de. Teoria da Comunicação: paradigmas latino-americanos. Petrópolis, RJ: Vozes, 1981. p. 23-51.

MELO, José Marques de; TUFTE, Thomas. “A comunicação serve para quê?” Prof. Marques de Melo e sua trajetória de jornalismo comunitário, resistência civil e comunicação para o desenvolvimento. Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, São Paulo, v. 41, n. 2, p. 169-185, 2018.

OLIVEIRA, Dennis. Jornalismo e emancipação. Uma prática jornalística baseada em Freire. Curitiba: Appris, 2017.

OLIVEIRA, Dennis. Paulo Freire e uma prática jornalística emancipatória-decolonial. Revista Olhares, Guarulhos, v. 8, n. 2, p. 122-132, 2020.

OLIVEIRA, Hebe Maria Gonçalves de. Meios de expressão popular. In: GADINI, Sergio; WOITOWICZ, Karina Janz (org.). Noções básicas de folkcomunicação. Uma introdução aos principais termos, conceitos e expressões. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2007. p. 67-70.

PAULO Freire é o terceiro pensador mais citado em trabalhos pelo mundo. Instituto Paulo Freire, São Paulo, 8 jun. 2016. Disponível em: https://bit.ly/32PaE7p. Acesso em: 6 jan. 2022.

PERUZZO, Cicilia M. Krohling. Ideias de Paulo Freire aplicadas à Comunicação popular e comunitária. FAMECOS, Porto Alegre, v. 24, n. 1, ID24207, 2017.

PERUZZO, Cicilia M. Krohling. Paulo Freire’s role and influence on the praxis of popular communication in Brazil. International Communication Gazette, London, v. 82, n. 5, p. 425-439, 2020.

SUZINA, Ana Cristina; TUFTE, Thomas; JIMÉNEZ-MARTINEZ, César. Special issue: The legacy of Paulo Freire. Contemporary refletions on participatory communication and civil society development in Brazil an beyond. International Communication Gazette, London, v. 82, n. 5, p. 407-410, 2020.

VASSALO, Maria Immacolata de Lopes; ROMANCINI, Richard. History of communication in Brazil. In: SIMONSON, Peter; PARK, David W. (ed.). The international history of communication study. New York: Taylor & Francis, 2016. p. 346-366.

Downloads

Publicado

2021-05-05

Como Citar

Oliveira, H. M. G. de. (2021). Influência e atualidade de Paulo Freire nos estudos em comunicação e no jornalismo: o retorno ao pensamento freiriano frente aos desafios contemporâneos . Revista Extraprensa, 15(1), 66-80. https://doi.org/10.11606/extraprensa2021.191311