A experiência do trabalho de campo no universo da comunicação

Autores

  • Isabel Siqueira Travancas Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/extraprensa2014.85142

Palavras-chave:

Comunicação, Antropologia, Metodologia, Etnografia

Resumo

O objetivo desta comunicação é discutir a experiência do trabalho de campo a partir de duas pesquisas distintas: uma com jornalistas e outra com jovens universitários. A ideia é problematizar as particularidades da pesquisa antropológica com seu método qualitativo, que inclui a observação participante, a realização de entrevistas abertas e em profundidade e a produção de um diário de campo. Também será analisada a dificuldade de se trabalhar simultaneamente com métodos quantitativos, que trazem novas perspectivas, embora muitas vezes sejam percebidos como ferramentas menores. Cada um destes trabalhos trouxe dificuldades distintas. Estas duas experiências de trabalho dentro do campo da comunicação permitem aprofundar a discussão sobre a utilização de diferentes métodos de pesquisa e avaliar as contribuições da metodologia antropológica.

 

DOI: 10.5841/extraprensa.v1i14.675


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabel Siqueira Travancas, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Jornalista, mestre em Antropologia Social pelo Museu Nacional-UFRJ, doutora em Literatura Comparada pela UERJ. Professora adjunta da Escola de Comunicação da UFRJ, departamento de Expressão e Linguagem, área de Produção Editorial

Downloads

Publicado

2014-06-01

Como Citar

Travancas, I. S. (2014). A experiência do trabalho de campo no universo da comunicação. Revista Extraprensa, 7(2), 19-25. https://doi.org/10.11606/extraprensa2014.85142