TV Comunitária: entre iguais e diferentes - um espaço para o ator social

Autores

  • Fabiana da Costa Pereira Universidade Federal de Santa Maria
  • Maria Ivete Trevisan Fossa Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.11606/extraprensa2014.85157

Palavras-chave:

Igualdade, Diferença, Ator social, Mídia comunitária

Resumo

A mídia comunitária é caracterizada pela gestão compartilhada, programação diversificada e voltada ao interesse da comunidade onde está inserida. Porém, dentro da realidade brasileira, algumas dessas características se perdem, abrindo espaço para o uso desse canal para propositos particulares, ou ainda, mesmo com interesse comunitário, sem conseguir alcançar efetivamente seu objetivo.  As dificulades passam pelas especificidades do meio televisivo, o que resulta na baixa produção de material audiovisual nos meios comunitários, como na baixa inserção da população na gestão desses veículos. Mudanças significativas nessa situação somente quando os indivíduos ocuparem os espaços abertos pelas mídias comunitárias, e como atores socias, construirem espaços realmente multiculturais.




Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiana da Costa Pereira, Universidade Federal de Santa Maria

Relações Pública pela Universidade Federal de Santa Maria

Maria Ivete Trevisan Fossa, Universidade Federal de Santa Maria

Orientadora do trabalho. Professora associada da Universidade Federal de Santa Maria

Downloads

Publicado

2014-06-01

Como Citar

Pereira, F. da C., & Fossa, M. I. T. (2014). TV Comunitária: entre iguais e diferentes - um espaço para o ator social. Revista Extraprensa, 7(2), 91-97. https://doi.org/10.11606/extraprensa2014.85157

Edição

Seção

Dossiê: Produção midiática