Notícias

Migrações, comunicação e debates sobre os deslocamentos humanos no século XXI

2022-02-18

A experiência migratória implica sempre desafios e aprendizados em relação a si e ao outro. Ela envolve não apenas os sujeitos migrantes, mas pode afetar também os grupos sociais que ficaram na origem e aqueles que estão no destino.

Em alguns momentos, deixar as origens é uma decisão baseada em escolha pessoal ou oportunidade de trabalho. Em outros, a migração pode ser suscitada por guerras, tragédias naturais ou perseguições políticas.

Se diferenças culturais entre regiões podem ser obstáculos para quem migra dentro de um mesmo país, para aqueles mudam de nação ou continente agregam-se eventuais diferenças de idioma e de organização política. Todos esses aspectos trazem consequências para a comunicação e a agenda midiática. Embora parte dela valorize as narrativas sobre direitos humanos, em alguns espaços ainda se reproduz estereótipos e preconceitos.

Esta edição da revista Extraprensa pretende refletir sobre as migrações em escala regional e no contexto geopolítico das primeiras décadas deste século, destacando seus desdobramentos na área da comunicação. Essa questão torna-se mais relevante quando, por um lado, conflitos locais e crises internacionais levam cidadãos a abandonarem suas origens, e, por outro, forças de extrema-direita, xenófobas e intolerantes, avançam no mundo todo.

Saiba mais sobre Migrações, comunicação e debates sobre os deslocamentos humanos no século XXI

Edição Atual

v. 15 n. 1 (2021): O pensamento de Paulo Freire e sua intersecção com cultura e comunicação
Ver Todas as Edições