O lugar de Kepler na história intelectual europeia

  • Ernst Cassirer
  • Serzenando Alves Vieira Neto Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Ernst Cassirer, Johannes Kepler, Astronomia

Resumo

Neste texto Cassirer apresenta a dimensão filosófica do processo de transição da antiga concepção tardo-medieval da astrologia, para a moderna concepção de astronomia. Esse processo, que assume na obra de Johannes Kepler seu ponto auge, é investigado em seu íntimo diálogo com a tradição filosófica e científica, apontando, precisamente, para os elementos mais gerais que indicam uma nova forma da compreensão de mundo, o entendimento como o próprio artífice da natureza. Embora se encontre entre seus textos de menor repercussão, O lugar de Kepler na história intelectual europeia se apresenta como um rico exemplo de seu interesse pelo tema da transição para a modernidade e pelo tema do pensamento místico-astrológico, reflexo direto de seu contato com comunidade intelectual de Hamburgo, sobretudo, com a Bibliothek Warburg.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Goethe, J. W. (1893a). Zur Farbenlehre: historischer Theil. Weimar: Böhlau. (Weimarer Ausgabe 2, III)

Goethe, J. W. (1893b). Zur Naturwissenschaft. Weimar: Böhlau. (Weimarer Ausgabe 2, XI)

Goethe, J. W. (2011) Fausto I. São Paulo: Editora 34.

Grimm, J.; Grimm, W. (1854–1961). Deutsches Wörterbuch. 16 vols. [Versão digital]. Recuperado de: http://woerterbuchnetz.de/cgi-bin/WBNetz/wbgui_py?sigle=DWB. Acesso em: 17 jun. 2020.

Kant, I. (1781). Kritik der reinen Vernunft. Berlin: Bruno Cassirer, 1913. (Werke in Gemeinschaft mit Hermann Cohen III)

Kepler, J. (1858). Opera omnia. vol. 1. Frankfurt am Main: Erlangae.

Kepler, J. (1859). Opera omnia. vol. 2. Frankfurt am Main: Erlangae.

Kepler, J. (1860). Opera omnia. vol. 3. Frankfurt am Main: Erlangae.

Publicado
2020-06-27
Como Citar
Cassirer, E., & Vieira Neto, S. (2020). O lugar de Kepler na história intelectual europeia. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, 25(1), 165-174. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v25i1p165-174
Seção
Traduções