Oásis da felicidade: Pensamentos para uma ontologia do jogo (1957)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v27i1p125-144

Palavras-chave:

Fenomenologia, Ontologia, Jogo, Eugen Fink, Filosofia alemã

Resumo

Tradução de “Oase des Glücks. In: Fink, E. (2010) Eugen Fink Gesamtausgabe 7: Spiel als Weltsymbol. Herausgegeben von Cathrin Nielsen und Hans Rainer Sepp. Freiburg im Breisgau: Verlag Karl Alber, pp. 11-29. Traduzido por Felipe Maia da Silva.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Coli, A. L. (2020). Notas sobre o Projeto da Fenomenologia Meôntica de Eugen Fink. In: Coli, A. L., Giubilato, G. J., & Weber. J. F. (Orgs.). Phenomenology, Humanities and Sciences, Curitiba, 1(3), 423-435.

Fink, E. (1988). VI Cartesianische Meditation. Teilband 1. Dordrecht: Kluwer.

Fink, E. (1995). Grundphänomene des menschlichen Daseins. Freiburg: Karl Alber.

Fink, E. (2010). Spiel als Weltsymbol (EFGA 7). Freiburg: Karl Alber.

Fink, E. (2019). Presentificação e Imagem. Contribuições à fenomenologia da irrealidade. Tradução de Anna Luiza Coli. Londrina: Eduel.

Fink, E. (2020a). A metafísica nietzscheana do jogo. In: Coli, A. L., Giubilato, G. J., & Weber. J. F. (Orgs.). Phenomenology, Humanities and Sciences, Curitiba, 1(3), 518-524.

Fink, E. (2020b). Elementos para uma Crítica a Husserl. In: Coli, A. L., Giubilato, G. J., & Weber. J. F. (Orgs.). Phenomenology, Humanities and Sciences, Curitiba, 1(3), 509-518.

Fink, E. (2020c). Sobre o problema da experiência ontológica. In: Coli, A. L., Giubilato, G. J., & Weber. J. F. (Orgs.). Phenomenology, Humanities and Sciences, Curitiba, 1(3), 200-203.

Giubilato, G. J. (2019). A fenomenologia como doutrina da aparência do absoluto no pensamento do jovem Fink. In: Da Silva, C. at al. Fenomenologia e Hermenêutica (pp. 84-91). São Paulo: ANPOF.

Giubilato, G. J. (2020). Eugen Fink: elementos para uma crítica a Heidegger (1927-1945). In: Coli, A. L., Giubilato, G. J., & Weber. J. F. (Orgs.). Phenomenology, Humanities and Sciences, Curitiba, 1(3), 453-465.

Nietzsche, F. (1988). Sämtliche Werke. Kritische Studienausgabe (KSA). 15 vols. Giorgio Colli e Mazzino Montinari (Orgs.). Berlim: de Gruyter.

Heidegger, M., & Fink, E. (1970). Heraklit: Seminar - Wintersemester 1966/67. Frankfurt am Main: Vittorio Klostermann.

Sepp, H.R. (2019) Prefácio. In: Presentificação e Imagem. Contribuições à fenomenologia da irrealidade. Tradução de Anna Luiza Coli. Londrina: Eduel.

Downloads

Publicado

2022-06-29

Como Citar

Fink , E. ., & Silva, F. M. da. (2022). Oásis da felicidade: Pensamentos para uma ontologia do jogo (1957). Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, 27(1), 125-144. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v27i1p125-144

Edição

Seção

Traduções

Dados de financiamento