Como se fosse um vaso: Luto, política e feminismos na escrita de Carla Rodrigues

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v27i1p103-112

Palavras-chave:

Judith Butler, Luto, Clínica, Política

Resumo

Resenha de: Rodrigues, C. (2021). O luto entre clínica e política: Judith Butler para além do gênero. Belo Horizonte: Autêntica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Léa Silveira, Universidade Federal de Lavras

Professora de Filosofia na Universidade Federal de Lavras, membra fundadora do GT de Filosofia e Psicanálise da ANPOF, membra do Grupo de Estudos, Pesquisas e Escritas Feministas (GEPEF) e do comitê executivo da International Society of Psychoanalysis and Philosophy (SIPP-ISPP).

Referências

Benhabib, S. (2018) “Feminismo e pós-modernismo: Uma aliança complicada”. In Benhabib, S., Butler, J., Cornell, D., & Fraser, N. Debates feministas: um intercâmbio filosófico. Tradução de Fernanda Veríssimo. São Paulo: Unesp. Original publicado em 1995.

Butler, J. (2000) “Restaging the universal: Hegemony and the limits of formalism”. In Butler, J., Laclau, E. & Žižek, S. Contingency, Hegemony, Universality. London: Verso.

Butler, J. (2003) Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Tradução de Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Editora Civilização. Brasileira. Original publicado em 1990.

Butler, J. (2018) “Fundações contingentes: Feminismo e a questão do ‘pós-modernismo’”. In Benhabib, S., Butler, J., Cornell, D., & Fraser, N. Debates feministas: um intercâmbio filosófico. Tradução de Fernanda Veríssimo. São Paulo: Unesp. Original publicado em 1995.

Butler, J. (2015) Quadros de guerra: Quando a vida é passível de luto? Tradução de Sérgio Tadeu de Nicmeyer Limarão e Arnaldo Marques da Cunha. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. Original publicado em 2009.

Franco, M. (2014) UPP: A redução da favela a três letras. Uma análise da política de segurança pública do estado do Rio de Janeiro. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Administração da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo da Universidade Federal Fluminense. Niterói-RJ. Recuperado de: https://app.uff.br/riuff/bitstream/handle/1/2166/Marielle%20Franco.pdf;jsessionid=4AB5016E79DB53FB6B20C45642054FA2?sequence=1. Acesso em 5 abril 2022.

Fraser, N. (2018) “Falsas antíteses: uma resposta a Seyla Benhabib e Judith Butler”. In Benhabib, S., Butler, J., Cornell, D., & Fraser, N. Debates feministas: um intercâmbio filosófico. Tradução de Fernanda Veríssimo. São Paulo: Unesp. Original publicado em 1995.

Freud, S. (2012) “Totem e tabu”. In Totem e tabu, Contribuição à história do movimento psicanalítico e outros textos (1912-1914). Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo, SP: Companhia das Letras. (Obras completas, 11). Original publicado em 1913.

Freud, S. (2013) “Luto e melancolia”. Tradução de Marilene Carone. São Paulo: Cosac Naify. Original publicado em 1917.

Safatle, V. (2020) Maneiras de transformar mundos: Lacan, política e emancipação. [Versão Kindle]. Belo Horizonte: Autêntica.

Schippers, B. (2009) “Judith Butler, Radical Democracy and Micro-politics”. In Littlel, A. e Lloyd, M. (Orgs.) The politics of radical democracy. Edinburgh University Press.

Downloads

Publicado

2022-06-29

Como Citar

Silveira, L. (2022). Como se fosse um vaso: Luto, política e feminismos na escrita de Carla Rodrigues. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, 27(1), 103-112. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v27i1p103-112

Edição

Seção

Resenhas