O sujeito do conhecimento – o objeto da ação: a “passagem”, identidade e diferença na filosofia de Arthur Schopenhauer

Autores

  • Margit Ruffing Universidade de Mainz

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i13p11-28

Palavras-chave:

Conhecimento, Ação, Identidade, Diferença, Passagem

Resumo

No presente texto, buscarei levar a sério as tensões ou mesmo contradições da filosofia de Schopenhauer e tentarei compreendê-las ao invés de censurar o filósofo por irracionalidade ou inconsequência. A primeira parte do texto analisa a teoria do conhecimento de Schopenhauer sob os aspectos da diferença e da passagem, e a segunda investiga o liame entre a ética e a estética buscando uma resposta para a questão da identidade presente na determinação da compaixão como expressão do conhecimento da unidade da vontade. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-06-14

Como Citar

Ruffing, M. (2009). O sujeito do conhecimento – o objeto da ação: a “passagem”, identidade e diferença na filosofia de Arthur Schopenhauer. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, (13), 11-28. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v0i13p11-28

Edição

Seção

Artigos