[1]
L. P. de Caux, “Sobre jovens e velhos: Marcos Nobre entre Fenomenologia e Sistema: Resenha de "Como nasce o novo: Experiência e diagnóstico de tempo na Fenomenologia do espírito de Hegel", de Marcos Nobre (São Paulo: Todavia, 2018)”, Cad. filos. alem., vol. 23, nº 2, p. 121-129, dez. 2018.