Estratégias conversacionais na sátira trovadoresca galego-portuguesa

Autores

  • Ângela C. Souza Rodrigues Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i1p175-204

Palavras-chave:

Repetição, Conversação, Paralelismo semântico

Resumo

O objetivo deste trabalho é dar notícia dos recursos reiterativos (repetição de vocábulos e de conteúdos semânticos similares) utilizados num conjunto de cantigas satíricas, ou de escárnio e mal dizer, dos canioneiros medievais galego-portugueses. Tais cantigas dão conta da existência de um grupo de poetas e cantores que vivia junto às cortes peninsulares do século XIII; mais que isso, elas são resultado do envolvimento interpessoal que se estabelece entre os componentes deste grupo, razão pela qual o tom de conversação constitui sua característica indiscutível.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1997-08-02

Como Citar

Rodrigues, Ângela C. S. (1997). Estratégias conversacionais na sátira trovadoresca galego-portuguesa. Filologia E Linguística Portuguesa, (1), 175-204. https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i1p175-204

Edição

Seção

Artigos