[1]
N. S. da S. Pereira, “Fontes coloniais e escravidão: relações de trabalho e práticas culturais na América portuguesa”, Filol. Linguíst. Port., vol. 22, nº Especial, p. 113-129, dez. 2020.