Impacto de duas tarefas duplas diferentes em idosos durante a transposição de obstáculos

Autores

  • Emmanuel S da Rocha Federal University of Santa Maria; Programa de Pós-Graduação em Educação Física
  • Felipe P Carpes Federal University of Santa Maria; Programa de Pós-Graduação em Educação Física

DOI:

https://doi.org/10.590/1809-2950/14145522042015

Resumo

O desempenho de uma dupla tarefa pode aumentar o risco de quedas durante a marcha em idosos. O impacto de uma dupla tarefa pode depender de sua complexidade em relação ao processamento de informação. Diferentes configurações de duplas tarefas deduzem diferentes demandas para o processamento de informação. Neste estudo investigamos se diferentes configurações de duplas tarefas podem afetar o desempenho da transposição de obstáculo na marcha de idosos. Dez idosos independentes foram avaliados durante a marcha cruzando um obstáculo vertical enquanto desempenhando duas duplas tarefas: (a) com input auditório (variação da tarefa de Stroop), e (b) sem imput auditório (falar os dias da semana em ordem reversa). Nós hipotetizamos que um efeito da dupla tarefa seria relacionado com o tipo de seu input, e o input auditório requereria maior processamento de informação; portanto, poderia ter maior impacto na marcha. Nós encontramos que o desempanho de transpor obstáculo foi similar nas duas condições de dupla tarefa. Sendo assim, ambas duplas tarefas testadas afetam a transposição de obstáculo na mesma medida em idosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-12-01

Como Citar

Rocha, E. S. da, & Carpes, F. P. (2015). Impacto de duas tarefas duplas diferentes em idosos durante a transposição de obstáculos . Fisioterapia E Pesquisa, 22(4), 386-391. https://doi.org/10.590/1809-2950/14145522042015

Edição

Seção

Pesquisa Original