Instrumentos de avaliação sensorial pós-acidente vascular encefálico (AVE) descritos em português: uma revisão sistemática

Autores

  • Jennifer Souza Fagundes Universidade Estadual do Centro Oeste
  • Aline Cristiane Binda Universidade Estadual do Centro Oeste
  • Julia Garzim Faria Universidade Estadual do Centro Oeste
  • Daniele Peres Universidade do Estado de Santa Catarina; CEFID
  • Stella Maris Michaelsen Universidade do Estado de Santa Catarina; CEFID

DOI:

https://doi.org/10.590/1809-2950/13120122042015

Resumo

Grande parte dos sobreviventes de acidente vascular encefálico (AVE) apresenta, além de outras sequelas, algum déficit sensorial. Para avaliar o impacto desse déficit na atividade e o efeito de protocolos de reeducação sensorial é importante utilizar instrumentos objetivos. Os objetivos desta revisão sistemática foram analisar quais instrumentos de avaliação sensorial para pacientes pós-AVE estão disponíveis em português brasileiro e descrever suas características e/ou propriedades. Realizou-se uma busca nas bases de dados eletrônicas SciELO, LILACS, PubMed, CINAHL, MEDLINE via OVDI e Embase. Os estudos relevantes foram analisados quanto à acessibilidade, objetividade da pontuação e propriedades de medida, acrescentando-se artigos por meio de busca manual quando necessário. As buscas resultaram em 96 estudos, reduzidos a cinco estudos elegíveis. Um estudo foi adicionado por meio da lista de referências, e a busca manual foi utilizada para complementação. Entre os sete artigos analisados, há somente três instrumentos de avaliação sensorial disponíveis em português: Moving touch pressure (MTP), domínio sensibilidade da Escala de Fugl-Meyer (EFM) e Avaliação Sensorial de Nottingham (ASN). Além disso, embora a confiabilidade da EFM e da ASN possa ser considerada adequada, as demais propriedades de medida necessitam ser avaliadas em futuros estudos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-12-01

Como Citar

Fagundes, J. S., Binda, A. C., Faria, J. G., Peres, D., & Michaelsen, S. M. (2015). Instrumentos de avaliação sensorial pós-acidente vascular encefálico (AVE) descritos em português: uma revisão sistemática. Fisioterapia E Pesquisa, 22(4), 435-442. https://doi.org/10.590/1809-2950/13120122042015

Edição

Seção

Revisão Sistemática