Main instruments for assessing temporomandibular disorders, part II: diagnostic criteria; a contribution to clinicians and researchers

Autores

  • Thaís Cristina Chaves Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; Depto. de Biomecânica, Medicina e Reabilitação do Aparelho Locomotor
  • Anamaria Siriani de Oliveira Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; Depto. de Biomecânica, Medicina e Reabilitação do Aparelho Locomotor
  • Débora Bevilaqua Grossi Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; Depto. de Biomecânica, Medicina e Reabilitação do Aparelho Locomotor

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502008000100016

Palavras-chave:

Avaliação, Diagnóstico, Índice de gravidade de doença, Questionários, Transtornos da articulação temporomandibular

Resumo

Na literatura especializada, encontram-se variados instrumentos para avaliação da disfunção temporomandibular (DTM), sob a forma de índices, questionários, protocolos, escalas e critérios de diagnóstico. Este estudo, dividido em duas partes, visou caracterizar os principais instrumentos de avaliação da DTM disponíveis na literatura, para auxiliar o clínico e o pesquisador na correta escolha da ferramenta apropriada para seus objetivos clínicos ou científicos. Na parte I foram caracterizados dois índices clínicos e três questionários (anamnésicos e funcionais); e, nesta parte II, um questionário funcional e dois conjuntos de critérios diagnósticos. Os índices são ferramentas que organizam a avaliação de sinais e sintomas, pela obtenção de pontuações. Os questionários são melhor aplicados em estudos epidemiológicos. Para avaliação dos eventuais impactos da DTM nas atividades de vida diária, os questionários funcionais são mais adequados. Finalmente, os critérios permitem obter o diagnóstico da disfunção. O RDC/TMD (Research diagnostic criteria for temporomandibular disorders, Critérios diagnósticos para pesquisa em DTM) é um dos poucos instrumentos que define critérios operacionais para o diagnóstico clínico. O RDC/TMD, disponível em tradução oficial para o português, tem a maior parte de suas propriedades psicométricas e acurácia verificadas, caracterizando-se como uma das ferramentas mais apropriadas para avaliação da DTM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-01-01

Como Citar

Chaves, T. C., Oliveira, A. S. de, & Grossi, D. B. (2008). Main instruments for assessing temporomandibular disorders, part II: diagnostic criteria; a contribution to clinicians and researchers . Fisioterapia E Pesquisa, 15(1), 101-106. https://doi.org/10.1590/S1809-29502008000100016

Edição

Seção

Revisão