Efeito da técnica de oscilação oral de alta freqüência aplicada em diferentes pressões expiratórias sobre a função autonômica do coração e os parâmetros cardiorrespiratórios

Autores

  • Graciane L. Moreira Unesp; FCT
  • Ercy M. C. Ramos Unesp; FCT; Depto. de Fisioterapia
  • Luiz C. M. Vanderlei Unesp; FCT; Depto. de Fisioterapia
  • Dionei Ramos Unesp; FCT; Depto. de Fisioterapia
  • Beatriz M. Manzano Unesp; FCT
  • Luciana C. Fosco Unesp; FCT

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000200004

Palavras-chave:

Freqüência cardíaca, Sistema nervoso autônomo, Ventilação de alta freqüência

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da técnica de oscilação oral de alta freqüência (com o aparelho Shaker), aplicada em diferentes pressões expiratórias (PE), sobre a função autonômica e parâmetros cardiorrespiratórios. Foram coletados dados de 20 voluntários jovens saudáveis (21,6±1,3 anos), que permaneceram em repouso inicial por 10 minutos e, em seguida, fizeram três séries de dez expirações no aparelho (com intervalo de descanso de 2 minutos entre as séries) em três diferentes PE - pressão livre (PL), de 10 (P10) e de 20 (P20) cmH2O - permanecendo por mais 10 minutos em repouso final. Os dados foram analisados estatisticamente, com nível de significância de 5%. Após a aplicação da técnica, constatou-se diferença significante nos índices de variabilidade da freqüência cardíaca em PL e um aumento significante na pressão arterial sistólica em P20. Na pressão arterial diastólica, freqüência respiratória e saturação periférica de oxigênio não foram encontradas diferenças antes, durante e após a técnica, nas diferentes PE. A percepção do esforço aumentou significantemente ao longo das séries em PL e P20 e entre P10 e P20 em cada série. A freqüência cardíaca (FC) aumentou e diminuiu em sincronia com os movimentos de inspiração e expiração, respectivamente. Foram observadas modificações na modulação autonômica do coração em PL. A aplicação da técnica nessa população, nas diferentes PE analisadas, promoveu modificações no comportamento da FC, no esforço percebido e, em PL, na modulação autonômica do coração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-01-01

Como Citar

Moreira, G. L., Ramos, E. M. C., Vanderlei, L. C. M., Ramos, D., Manzano, B. M., & Fosco, L. C. (2009). Efeito da técnica de oscilação oral de alta freqüência aplicada em diferentes pressões expiratórias sobre a função autonômica do coração e os parâmetros cardiorrespiratórios . Fisioterapia E Pesquisa, 16(2), 113-119. https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000200004

Edição

Seção

Pesquisa Original