Efeito da técnica isostretching no equilíbrio postural

Autores

  • Vanessa Vilela Monte-Raso Universidade Federal de Alfenas
  • Paula Araújo Ferreira Universidade Federal de Alfenas
  • Marcelo Silva de Carvalho Universidade Federal de Alfenas
  • Jane Godoy Rodrigues Universidade Federal de Alfenas
  • Cristiano Costa Martins Universidade Federal de Alfenas
  • Denise Hollanda Iunes Universidade Federal de Alfenas

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000200008

Palavras-chave:

Curvaturas da coluna vertebral/reabilitação, Exercícios de alongamento muscular, Fotogrametria, Postura

Resumo

O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos da técnica isostretching em alterações posturais. Doze voluntários com aumento da cifose torácica, escoliose, protrusão de cabeça e ombros foram tratados com a técnica isostretching três vezes por semana em sessões de 1 hora cada. Foram divididos em dois grupos, segundo o número de sessões de tratamento que freqüentaram: grupo 1 (n=8), mais de 30 sessões e grupo 2 (n=4), menos de 30 sessões. Para a avaliação postural, os voluntários foram fotografados antes e após o tratamento no plano frontal anterior e posterior, no plano sagital ereto e em flexão anterior de tronco. Os dados foram analisados estatisticamente, considerando o nível de significância de 5%. No grupo 1, os resultados foram satisfatórios quanto às modificações no alinhamento do triângulo de Talles (ΔT) esquerdo (f=0,00), ângulo coxofemoral (f=0,00), ângulo tibiotársico (f=0,00) e alinhamento da coluna torácica (f=0,01). Nos indivíduos do grupo 2, os resultados foram satisfatórios quanto ao alinhamento do joelho esquerdo (f=0,03), ΔT esquerdo (f=0,00), ΔT direito (f=0,01), alinhamento da coluna torácica (f=0,03) e alinhamento da cabeça (f=0,02). A técnica de isostretching, nas posturas adotadas neste estudo, foi pois eficaz no alinhamento da coluna vertebral torácica nos dois grupos, bem como na melhora da flexibilidade no grupo 1; entretanto, não houve melhora nas assimetrias posturais no plano frontal, independente do número de sessões freqüentadas pelos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-01-01

Como Citar

Monte-Raso, V. V., Ferreira, P. A., Carvalho, M. S. de, Rodrigues, J. G., Martins, C. C., & Iunes, D. H. (2009). Efeito da técnica isostretching no equilíbrio postural . Fisioterapia E Pesquisa, 16(2), 137-142. https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000200008

Edição

Seção

Pesquisa Original