Comparação entre inspirometria de incentivo e pressão positiva expiratória na função pulmonar após cirurgia bariátrica

Autores

  • Marcela C. Barbalho-Moulim UFSCar
  • Gustavo Peixoto Soares Miguel Hospital Meridional
  • Eli Maria Pazzianotto Forti Universidade Metodista de Piracicaba
  • Dirceu Costa UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000200013

Palavras-chave:

Cirurgia bariátrica, Exercícios respiratórios, Fisioterapia (Especialidade), Obesidade

Resumo

O objetivo deste estudo foi comparar o efeito da pressão positiva expiratória (EPAP, na sigla em inglês) e da inspirometria de incentivo a fluxo sobre a função pulmonar após o bypass gástrico em Y de Roux por videolaparoscopia. Participaram 28 mulheres, não-tabagistas e não-pneumopatas, com índice de massa corporal entre 35 e 50 kg/m², submetidas à cirurgia bariátrica. Todas foram avaliadas por espirometria, cirtometria toracoabdominal e quanto à mobilidade diafragmática no pré e segundo dia de pós-operatório (o tempo de internação foi de 2 dias). Foram divididas em dois grupos, GI - grupo inspirômetro (n=13) e GE, grupo EPAP (n=15). A fisioterapia foi iniciada no dia da cirurgia, cada técnica, inspirometria ou EPAP, com duração de 15 minutos; a fisioterapia motora foi padronizada para ambos os grupos. No pós-operatório, houve redução similar nos dois grupos das variáveis: capacidade vital, volume de reserva inspiratório, capacidade vital forçada e ventilação voluntária máxima. Não houve alteração nos valores do volume corrente no GI e volume de reserva expiratório no GE. A mobilidade diafragmática e a mobilidade toracoabdominal foram menos prejudicadas no GI. No pós-operatório da cirurgia bariátrica por videolaparoscopia, a inspirometria de incentivo a fluxo exerceu melhores efeitos na manutenção do volume corente, na mobilidade diafragmática e toracoabdominal, enquanto a EPAP foi mais eficaz no restabelecimento do volume de reserva expiratório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-01-01

Como Citar

Barbalho-Moulim, M. C., Miguel, G. P. S., Forti, E. M. P., & Costa, D. (2009). Comparação entre inspirometria de incentivo e pressão positiva expiratória na função pulmonar após cirurgia bariátrica . Fisioterapia E Pesquisa, 16(2), 166-172. https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000200013

Edição

Seção

Pesquisa Original