Fisioterapia na avaliação e prevenção de riscos ergonômicos em trabalhadores de um setor financeiro

Autores

  • Vanessa Maria de Vargas Ferreira Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; RAL
  • Suraya Gomes Novais Shimano Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; RAL
  • Marisa de Cássia Registro Fonseca Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto; RAL

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000300009

Palavras-chave:

Fisioterapia (Especialidade), Engenharia humana, Postura, Transtornos traumáticos cumulativos^i1^sprevenção e contr

Resumo

É freqüente a sobrecarga musculoesquelética em trabalhadores, resultando no aumento da prevalência de distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (DORT). Visando a saúde do trabalhador, e para reduzir o índice de afastamento, deve-se enfatizar a prevenção desses distúrbios. Os objetivos deste estudo foram analisar a ergonomia de um setor financeiro e as posturas dos funcionários durante as tarefas e propor soluções para minimizar os riscos ergonômicos. A análise foi feita mediante três instrumentos de observação simples - avaliação rápida de membros superiores RULA (sigla em inglês de rapid upper limb assessment), checklist de Couto e análise ergonômica focada na atividade - e aplicação do questionário SF-36 aos funcionários. Verificou-se a presença de fator biomecânico de moderada importância, com risco de DORT improvável, porém possível; em outro instrumento, os resultados indicam que o ambiente de trabalho está próximo do ideal. Em análise mais detalhada, as posturas de trabalho foram classificadas como as piores possíveis, requerendo mudanças imediatas. No SF-36 os escores foram elevados, sugerindo qualidade de vida adequada. Assim, embora o ambiente de trabalho se apresente adequado, o uso incorreto dos equipamentos, a má distribuição e forma incorreta de realização das tarefas ocasiona riscos ergonômicos. Visando minimizar estes, são propostas estratégias de intervenção preventiva, sugerindo-se ações específicas nos domínios que apontaram maiores riscos ergonômicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-09-01

Como Citar

Ferreira, V. M. de V., Shimano, S. G. N., & Fonseca, M. de C. R. (2009). Fisioterapia na avaliação e prevenção de riscos ergonômicos em trabalhadores de um setor financeiro . Fisioterapia E Pesquisa, 16(3), 239-245. https://doi.org/10.1590/S1809-29502009000300009

Edição

Seção

Pesquisa Original