Avaliação antropométrica e do ângulo quadricipital na osteoartrite de joelho em mulheres obesas

Autores

  • Eduardo Paul Chacur Centro Universitário do Triângulo
  • Luciana Oliveira e Silva Centro Universitário do Triângulo
  • Gabriela Costa Pontes Luz Centro Universitário do Triângulo
  • Fábio Diodi Kaminice Centro Universitário do Triângulo
  • Nadia Carla Cheik Universidade Federal de Uberlândia; Faculdade de Educação Física

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502010000300006

Palavras-chave:

Antropometria, Mulheres, Obesidade, Osteoartrite do joelho

Resumo

A osteoartrite (OA) é uma doença articular degenerativa, caracterizada por processo inflamatório, dor e deformidades; um de seus fatores preditivos é a obesidade. O objetivo deste estudo foi verificar possíveis correlações entre medidas antropométricas, o ângulo quadricipital (Q) e a osteoartrite de joelho. A amostra foi composta por 50 voluntárias obesas (30 com OA de joelho e 20 sem OA), com idade entre 40 e 60 anos. Foram mensurados, além do IMC (índice de massa corporal), circunferência abdominal (CA), perímetros de cintura e quadril para cálculo da relação cintura-quadril e o ângulo Q; a osteoartrite foi diagnosticada clinicamente e por meio de radiografia da articulação do joelho. Foram encontradas correlações positivas fracas entre IMC e ângulo Q e entre tempo de obesidade e grau de degeneração articular. A CA apresentou correlação positiva fraca com o grau de degeneração articular e o de gravidade da OA. O cálculo da razão de chance (OR) indica que as voluntárias com IMC>;34 kg/m² e CA>;110 cm tiveram 3,7 e 7 vezes, respectivamente, mais chance de apresentarem OA. A obesidade central, seu grau e duração possivelmente contribuem para a incidência da OA de joelhos em mulheres obesas. A circunferência abdominal foi a medida que melhor se correlacionou com a presença e grau de OA em obesas, o que aponta para a relevância de sua mensuração na avaliação clínica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-09-01

Como Citar

Chacur, E. P., Silva, L. O. e, Luz, G. C. P., Kaminice, F. D., & Cheik, N. C. (2010). Avaliação antropométrica e do ângulo quadricipital na osteoartrite de joelho em mulheres obesas . Fisioterapia E Pesquisa, 17(3), 220-224. https://doi.org/10.1590/S1809-29502010000300006

Edição

Seção

Editorial