Eficácia de tratamento fisioterapêutico no equilíbrio estático e dinâmico de pacientes com doença de Parkinson

Autores

  • Gustavo Christofoletti Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Rosana Tannus Freitas Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Evandro Rocha Cândido Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Clariany Soares Cardoso Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502010000300013

Palavras-chave:

Doença de Parkinson, Equilíbrio, Terapia por exercício

Resumo

Distúrbios de equilíbrio são um dos sinais mais prevalentes na doença de Parkinson (DP), que contribuem para a perda da independência funcional dos sujeitos acometidos. O objetivo deste trabalho foi verificar a eficácia de um programa de treinamento fisioterapêutico específico sobre o equilíbrio estático e dinâmico de pacientes com DP. Vinte e três pacientes com DP idiopática, divididos em dois grupos, experimental e controle, foram avaliados pela escala de equilíbrio funcional de Berg e pelo teste de levantar e caminhar cronometrado (timed up & go). O grupo experimental foi submetido a uma seqüência de exercícios fisioterapêuticos de estimulação motora e cognitiva, com freqüência de três atendimentos semanais durante seis meses. Após o tratamento, foi constatada uma melhora significativa do equilíbrio dos pacientes do grupo experimental em relação ao controle (p<0,05) em ambos os instrumentos. O protocolo fisioterapêutico proposto, de estimulação motora e cognitiva, foi pois eficaz ao promover importante melhora no equilíbrio estático e dinâmico dos sujeitos com doença de Parkinson.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-09-01

Como Citar

Christofoletti, G., Freitas, R. T., Cândido, E. R., & Cardoso, C. S. (2010). Eficácia de tratamento fisioterapêutico no equilíbrio estático e dinâmico de pacientes com doença de Parkinson . Fisioterapia E Pesquisa, 17(3), 259-263. https://doi.org/10.1590/S1809-29502010000300013

Edição

Seção

Editorial