Análise do tempo de reação e do estado cognitivo em idosas praticantes de atividades físicas

Autores

  • Luana Callegaro Rossato Universidade Federal de Santa Catarina; Centro de Desportos; Núcleo de Pesquisa em Atividade Física e Saúde
  • Andressa Ribeiro Contreira Universidade do Estado de Santa Catarina; Centro de Ciências da Saúde e do Esporte; Laboratório de Distúrbios da Aprendizagem e do Desenvolvimento
  • Sara Teresinha Corazza Universidade Federal de Santa Maria; Centro de Educação Física e Desportos

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000100010

Palavras-chave:

Tempo de reação, Cognição, Idoso

Resumo

Este estudo tem por objetivo verificar a correlação entre o tempo de reação e o estado cognitivo de idosas praticantes de atividades físicas. Foram avaliadas 77 idosas (68,6 ± 3,9 anos), participantes de um programa estruturado de atividade física. Os testes de Tempo de Reação Simples e Tempo de Reação de Escolha foram avaliados por meio de um software e para avaliação cognitiva utilizou-se o Mini-Exame do Estado Mental. Os dados foram analisados no Pacote Estatístico SPSS, versão 16.0, com nível de significância de p< 0,05 e diante da não normalidade dos dados, empregou-se a correlação de Spearman. Os resultados observados nos testes representaram um desempenho satisfatório na pontuação do Mini-Exame do Estado Mental, enquanto que para o tempo de reação os resultados foram insatisfatórios. A correlação entre as variáveis tempo de reação simples e o estado cognitivo foi considerada significativa e fraca, pois se esperava que com bons resultados no estado cognitivo e também pela prática de atividades físicas as idosas apresentassem um tempo de reação menor. Diante das informações observadas e considerando as evidências de que o exercício físico auxilia na eficiência do processamento de informações pelo sistema nervoso central, sugere-se que seja incentivada, além da prática regular de atividades físicas, intervenções motoras e cognitivas que estimulem a plasticidade do sistema nervoso central contribuindo para a melhora da funcionalidade da população idosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-03-01

Como Citar

Rossato, L. C., Contreira, A. R., & Corazza, S. T. (2011). Análise do tempo de reação e do estado cognitivo em idosas praticantes de atividades físicas . Fisioterapia E Pesquisa, 18(1), 54-59. https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000100010

Edição

Seção

Pesquisa Original