Pronação excessiva e varismos de pé e perna: relação com o desenvolvimento de patologias músculo-esqueléticas - Revisão de Literatura

Autores

  • Thales Rezende de Souza Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Fisioterapia
  • Rafael Zambelli de Almeida Pinto Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Fisioterapia
  • Renato Guilherme Trede Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Fisioterapia
  • Priscila Albuquerque de Araújo Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Fisioterapia
  • Haroldo Leite Fonseca Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Fisioterapia
  • Sérgio Teixeira da Fonseca Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Fisioterapia

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000100016

Palavras-chave:

Nervo ciático, Regeneração nervosa, Síndromes de compressão nervosa/reabilitação, Terapia a laser de baixa intensidade

Resumo

A literatura propõe mecanismos biomecânicos que relacionam a pronação subtalar excessiva ao desenvolvimento de diversas patologias músculo-esqueléticas. A presença dos desalinhamentos anatômicos antepé varo, retropé varo e tíbia vara pode levar à ocorrência da pronação subtalar excessiva. Entretanto, não existe um consenso sobre a contribuição do padrão de movimento e da presença desses desalinhamentos para o desenvolvimento de patologias. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura para investigar a influência de varismos aumentados de antepé, retropé e tíbia e da pronação subtalar excessiva no surgimento de patologias músculo-esqueléticas. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica sistematizada nas bases Medline, ISI - Web of Science, Lilacs e Scielo, tendo sido selecionados 13 estudos analíticos. Do total de 13 estudos, 10 encontraram associação de patologias no membro inferior com um ou mais dos desalinhamentos anatômicos analisados ou com um ou mais parâmetros cinemáticos relacionadas à pronação subtalar excessiva. A análise dos estudos sugere que a pronação subtalar excessiva e/ou a presença de desalinhamentos que podem levar a esse padrão de movimento são possíveis fatores de risco para o desenvolvimento de patologias músculo-esqueléticas no membro inferior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-03-01

Como Citar

Souza, T. R. de, Almeida Pinto, R. Z. de, Trede, R. G., Araújo, P. A. de, Fonseca, H. L., & Fonseca, S. T. da. (2011). Pronação excessiva e varismos de pé e perna: relação com o desenvolvimento de patologias músculo-esqueléticas - Revisão de Literatura . Fisioterapia E Pesquisa, 18(1), 92-100. https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000100016

Edição

Seção

Pesquisa Original