Acupuntura como recurso terapêutico na dor e na gravidade da desordem temporomandibular

Autores

  • Graciele da Silva Borin Universidade Federal de Santa Maria; Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana
  • Eliane Castilhos Corrêa Universidade de Federal de Santa Maria; Departamento de Fisioterapia e Reabilitação; Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana
  • Ana Maria Toniolo da Silva Universidade de Federal de Santa Maria; Departamento de Fonoaudiologia; Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana
  • Jovana Moura Milanesi Universidade Federal de Santa Maria; Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humana

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000300003

Palavras-chave:

acupuntura, dor facial, articulação temporomandibular

Resumo

Este estudo avaliou o efeito da acupuntura no nível de dor e gravidade da Desordem Temporomandibular (DTM). Participaram dele 40 mulheres entre 20 e 40 anos com DTM diagnosticada pelo Research Diagnostic Criteria (RDC/TMD). A dor foi avaliada pela escala visual analógica e a gravidade da desordem pelos Índices de Disfunção Craniomandibular e de Fonseca. As 20 primeiras participantes foram submetidas a acupuntura duas vezes na semana por cinco semanas ininterruptas e, após o período, foram reavaliadas. Os dados destas participantes constituíram os resultados para o grupo acupuntura. As demais voluntárias receberam o tratamento após o primeiro grupo e seus dados, coletados no início e após cinco semanas sem tratamento, foram utilizados para controle. Na análise estatística foram levados em conta os testes de Wilcoxon para o nível de dor e Índice Craniomandibular e Teste t de Student para o Índice de Fonseca, com nível de significância de 5%. Houve redução significante no nível de dor (p=0,000) e na gravidade da DTM pelos Índices Craniomandibular (p=0,004) e de Fonseca (p=0,000) após o tratamento. O grupo controle não apresentou melhora. A efetividade da acupuntura foi demonstrada pela melhora no nível da dor e na gravidade da DTM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-09-01

Como Citar

Borin, G. da S., Corrêa, E. C., Silva, A. M. T. da, & Milanesi, J. M. (2011). Acupuntura como recurso terapêutico na dor e na gravidade da desordem temporomandibular . Fisioterapia E Pesquisa, 18(3), 217-222. https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000300003

Edição

Seção

Pesquisa Original