Avaliação da confiabilidade e usabilidade de três diferentes programas computacionais para a análise fotogramétrica do ângulo de flexão de quadril

Autores

  • Débora Alves Guariglia Universidade Estadual de Maringá; UEL
  • Ligia Maxwell Pereira Universidade Estadual de Maringá; UEL
  • Hugo Maxwell Pereira Interdisciplinar pela Marquette University
  • Jefferson Rosa Cardoso Universidade Estadual de Londrina; Departamento de Fisioterapia

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000300008

Palavras-chave:

biomecânica, amplitude de movimento articular, articulação do quadril, reprodutibilidade dos testes

Resumo

A análise fotogramétrica pode ser feita por meio de diferentes programas computacionais. Assim, o objetivo do presente estudo foi avaliar a confiabilidade e usabilidade de três diferentes programas em uma análise fotogramétrica durante a flexão do quadril e discutir aspectos qualitativos e quantitativos de cada um deles. Participaram do estudo 26 voluntários do gênero masculino, com idade entre 19 e 30 anos (x=25,4 anos, DP=2,5) que realizaram o teste do sentar e alcançar por meio do banco de Wells adaptado. Marcadores cutâneos foram posicionados nos processos ósseos: trocânter maior do fêmur e espinha ilíaca anterossuperior. A aquisição da imagem foi realizada no limite máximo da execução do teste. Todos os programas apresentaram uma alta confiabilidade entre as medidas, além disso, foram apresentadas vantagens e desvantagens específicas na adoção de cada um deles. O programa SAPO foi considerado com maiores vantagens para utilização na prática profissional, no entanto, para realização de análises em pesquisas científicas todos os programas apresentam pontos que devem ser considerados antes da sua adoção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-09-01

Como Citar

Guariglia, D. A., Pereira, L. M., Pereira, H. M., & Cardoso, J. R. (2011). Avaliação da confiabilidade e usabilidade de três diferentes programas computacionais para a análise fotogramétrica do ângulo de flexão de quadril . Fisioterapia E Pesquisa, 18(3), 247-251. https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000300008

Edição

Seção

Pesquisa Original