Dinamometria de preensão manual como parâmetro de avaliação funcional do membro superior de pacientes hemiparéticos por acidente vascular cerebral

Autores

  • Antonio Vinicius Soares Universidade do Estado de Santa Catarina; Centro de Ciências da Saúde e do Esporte; Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano
  • Caroline Kerscher Universidade do Estado de Santa Catarina; Centro de Ciências da Saúde e do Esporte; Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano
  • Loisiane Uhlig Universidade do Estado de Santa Catarina; Centro de Ciências da Saúde e do Esporte; Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano
  • Susana Cristina Domenech Universidade do Estado de Santa Catarina; Centro de Ciências da Saúde e do Esporte; Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano
  • Noé Gomes Borges Júnior Universidade do Estado de Santa Catarina; Centro de Ciências da Saúde e do Esporte; Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000400011

Palavras-chave:

acidente vascular cerebral, paresia

Resumo

A força muscular é a valência física mais importante. É provável que exista correlação entre a força de preensão manual e outros testes para o membro superior afetado por um acidente vascular cerebral (AVC). O propósito deste estudo é analisar o valor preditivo da dinamometria de preensão manual (DPM) para recuperação do membro superior parético por AVC. Foram avaliados 43 pacientes hemiparéticos pós-AVC (60,7 anos±12,1). Vários testes (Escala de movimento da mão (EMM), Estesiometria, Teste de caixa e blocos, 9 buracos e pinos, Escala de Ashworth modificada e Índice de Barthel) foram relacionados com a DPM. Os resultados apontaram que a DPM apresenta boa correlação com EMM e, contrariamente, os testes de destreza manual, a sensibilidade e o índice de independência funcional não apresentaram valores significativos. A DPM é um teste rápido, fácil e acessível, e pode fazer parte dos protocolos de avaliação funcional do membro superior de pacientes hemiparéticos por AVC.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-01

Como Citar

Soares, A. V., Kerscher, C., Uhlig, L., Domenech, S. C., & Borges Júnior, N. G. (2011). Dinamometria de preensão manual como parâmetro de avaliação funcional do membro superior de pacientes hemiparéticos por acidente vascular cerebral . Fisioterapia E Pesquisa, 18(4), 359-364. https://doi.org/10.1590/S1809-29502011000400011

Edição

Seção

Pesquisa Original