Terapia complexa descongestiva com uso de material alternativo na redução e controle do linfedema em pacientes de área endêmica de filariose: um ensaio clínico

Autores

  • Helen Pereira dos Santos Soares Faculdade Estácio do Recife
  • Abraham Rocha Fundação Oswaldo Cruz; Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães; Serviço de Referência Nacional em Filarioses
  • Ana Maria Aguiar-Santos Fundação Oswaldo Cruz; Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães; Serviço de Referência Nacional em Filarioses
  • Benícia Santos Silva Faculdade Estácio do Recife
  • Cristiane Moutinho Lagos de Melo Faculdade Estácio do Recife
  • Maria do Amparo Andrade Universidade Federal de Pernambuco; Departamento de Fisioterapia

DOI:

https://doi.org/10.1590/1809-2950/15476523032016

Resumo

A filariose linfática põe em risco bilhões de pessoas em todo o mundo. Apesar disso, pouco se sabe sobre o impacto da morbidade crônica da doença, como o linfedema. A terapia complexa descongestiva apresenta-se como padrão ouro para tratar linfedemas, mas ainda não existem protocolos viáveis para implementação em países em desenvolvimento. O objetivo deste ensaio clínico foi avaliar a eficácia dessa técnica, com o uso de material alternativo, e comparar seus efeitos na qualidade de vida, funcionalidade e peso corporal. Os grupos intervenção e controle foram avaliados por meio de perimetria e cálculo do volume dos membros, do questionário de qualidade de vida Whoqol-bref, do teste de funcionalidade e mobilidade de membros inferiores Timed Up and Go e avaliação do peso corporal. O grupo intervenção recebeu a terapia complexa descongestiva duas vezes por semana, durante dez semanas, utilizando-se um material alternativo para o enfaixamento, confeccionado com tecido de cambraia, o que apresenta baixo custo em relação às faixas importadas. O grupo controle recebeu palestra com informações sobre a doença e orientações de cuidados e higiene dos membros. A amostra foi composta por trinta pacientes com idade média de 50,8±10 anos, sendo 52,9% mulheres. Na análise estatística foram utilizados os testes t de Student, Multivariate analysis of variance, teste de Wilcoxon e Kolmogorov-Smirnov. A significância adotada foi de 5% (p<0,05). Houve redução significativa do volume e perimetria do linfedema no grupo intervenção, e aumentou no grupo controle. A funcionalidade não apresentou melhora significativa na avaliação pelo teste Timed Up and Go. A qualidade de vida teve melhora significativa nos domínios físico e meio ambiente no grupo intervenção. O efeito do tratamento no peso corporal também foi significativo, apresentando redução no grupo controle e intergrupos. A terapia complexa descongestiva mostrou-se eficaz na redução e no controle do linfedema e impactou de maneira positiva, aumentando os valores numéricos dos aspectos físico e meio ambiente da qualidade de vida do grupo intervenção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2016-09-01

Como Citar

Soares, H. P. dos S., Rocha, A., Aguiar-Santos, A. M., Silva, B. S., Melo, C. M. L. de, & Andrade, M. do A. (2016). Terapia complexa descongestiva com uso de material alternativo na redução e controle do linfedema em pacientes de área endêmica de filariose: um ensaio clínico . Fisioterapia E Pesquisa, 23(3), 268-277. https://doi.org/10.1590/1809-2950/15476523032016

Edição

Seção

Pesquisa Original