Instrumentos que avaliam a independência funcional em crianças com paralisia cerebral: uma revisão sistemática de estudos observacionais

Autores

  • Patrícia Domingos dos Santos Universidade do Estado de Santa Catarina; CEFID
  • Franciele Cascaes da Silva Universidade do Estado de Santa Catarina; CEFID
  • Elizandra Gonçalves Ferreira Universidade do Estado de Santa Catarina; CEFID
  • Rodrigo da Rosa Iop Universidade do Estado de Santa Catarina; CEFID
  • Gisele Graziele Bento Universidade do Estado de Santa Catarina; CEFID
  • Rudney da Silva Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.1590/1809-2950/15260723032016

Resumo

Este artigo teve como objetivo fazer uma revisão sistemática de instrumentos que avaliam a independência funcional de crianças com paralisia cerebral. As bases eletrônicas da MEDLINE/PubMed, Scopus e Web of Science foram usadas para as buscas. Estudos observacionais dos últimos cinco anos, com texto completo disponível e sem restrição de idioma foram incluídos nesta revisão. Foram encontrados 222 artigos, dos quais, 63 foram analisados e 24 foram incluídos no estudo. Os principais instrumentos encontrados foram: PEDI, WeeFIM, ASK, PODCI, VABS-II, LIFE-H e CAPE/PAC.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2016-09-01

Como Citar

Santos, P. D. dos, Silva, F. C. da, Ferreira, E. G., Iop, R. da R., Bento, G. G., & Silva, R. da. (2016). Instrumentos que avaliam a independência funcional em crianças com paralisia cerebral: uma revisão sistemática de estudos observacionais . Fisioterapia E Pesquisa, 23(3), 318-328. https://doi.org/10.1590/1809-2950/15260723032016

Edição

Seção

Revisão Sistemática