Efeito agudo do salbutamol no sistema cardiovascular durante o exercício físico em pacientes com asma moderada ou grave: estudo aleatorizado, duplo-cego e cruzado

  • Jaqueline Ribas de Melo Universidade Ibirapuera
  • Maiane da Silva Feitoza Universidade Ibirapuera
  • Gabriel Grizzo Cucato Universidade Ibirapuera; Departamento de Fisioterapia e Educação Física
  • Wladimir Musetti Medeiros Universidade Ibirapuera; Departamento de Fisioterapia e Educação Física
  • Rafael Stelmach Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina; Departamentos de Cárdio-Pneumologia e Fisiopatologia Experimental
  • Alberto Cukier Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina; Departamentos de Cárdio-Pneumologia e Fisiopatologia Experimental
  • Celso Ricardo Fernandes de Carvalho Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina; Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional
  • Felipe Augusto Rodrigues Mendes Universidade Ibirapuera; Departamento de Fisioterapia e Educação Física
Palavras-chave: Asma, Albuterol, Exercício, Frequência Cardíaca, Pressão Arterial

Resumo

Salbutamol é um β2-agonista de curta duração frequentemente utilizado em pacientes com asma para prevenir os sintomas durante ou após exercício físico. Alterações hemodinâmicas em repouso estão bem descritas. Contudo são escassos os dados sobre os efeitos na frequência cardíaca (FC) e pressão arterial (PA) durante o exercício e na fase de recuperação em pacientes com asma moderada ou grave. Foi realizado um estudo aleatorizado, duplo-cego e cruzado, em que foram inclusos 15 indivíduos com asma moderada e grave, com média de idade de 46,4±9,3 anos. Os pacientes realizaram um teste de esforço máximo em dois dias não consecutivos, com administração de 400mcg de salbutamol ou 4 “puffs” de placebo. Durante todo o protocolo foi monitorada a FC, a PA, a percepção de esforço e o pico de fluxo expiratório (PFE). Após o uso do salbutamol, o valor do PFE aumentou em média de 28,0±47,7L/m, permanecendo maior nos tempos de 5, 10 e 15 minutos de recuperação passiva em relação ao placebo (p<0,05). As variáveis FC, PA e percepção de esforço foram semelhantes entre as intervenções em todas as fases do protocolo (p>;0,05). Esses resultados sugerem que o uso de salbutamol é seguro, e que a FC não necessita de ser ajustada para prescrever a intensidade do exercício após a administração de salbutamol em indivíduos com asma moderada ou grave.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-06-01
Como Citar
Melo, J., Feitoza, M., Cucato, G., Medeiros, W., Stelmach, R., Cukier, A., Carvalho, C., & Mendes, F. (2018). Efeito agudo do salbutamol no sistema cardiovascular durante o exercício físico em pacientes com asma moderada ou grave: estudo aleatorizado, duplo-cego e cruzado. Fisioterapia E Pesquisa, 25(2), 188-195. https://doi.org/10.1590/1809-2950/17007725022018
Seção
Pesquisa Original