Repetibilidade e reprodutibilidade de um manual de exercícios físicos domiciliares

  • Guilherme Henrique de Lima Matias Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira
  • Ana Clara Carvalho Gonçalves Guerra Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira
  • Breno Augusto Bormann de Souza Filho Fundação Oswaldo Cruz; Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
  • Jurema Telles de Oliveira Lima Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira
  • Cleber Nascimento do Carmo Fundação Oswaldo Cruz; Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
  • Inês Echenique Mattos Fundação Oswaldo Cruz; Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Palavras-chave: Terapia por Exercício, Neoplasia, Pacientes Domiciliares, Neoplasias da Mama

Resumo

Verificou-se a reprodutibilidade e repetibilidade de um manual de exercícios físicos domiciliares em diferentes níveis de escolaridade em idosas com câncer de mama. Estudo seccional realizado entre agosto e novembro de 2016 no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), região metropolitana de Recife, Pernambuco. Vinte e duas idosas (idade 66.2±3.5 anos) diagnosticadas com câncer de mama em uso de hormonioterapia receberam um manual instrucional composto por 12 exercícios, a serem realizados de forma autônoma e independente em domicílio para melhoria das aptidões físicas. O manual foi entregue na primeira consulta e após seis semanas verificou-se sua reprodutibilidade por meio da avaliação de concordância em “certo” ou “errado” dos movimentos por um profissional de educação física e um fisioterapeuta. Os resultados foram analisados pelo coeficiente kappa de Cohen (k). Verificou-se uma relação interavaliadores de concordância “quase perfeita” (superior a 0,88) entre todos os 12 exercícios. Considerando a execução “certa” dos movimentos, verificou-se que seis exercícios apresentaram concordância interavaliadores com variação entre 68,2% e 90,9%; por outro lado, quando considerada a execução “errada”, observou-se variação entre 54,4% e 68,2%. Além disso, dois exercícios resultaram em 50% para “certo” e “errado”. Quanto ao nível de escolaridade, apenas o exercício 6 apresentou significância estatística (p-valor=0,03). O manual de exercícios físicos domiciliares parece ser reprodutível em idosas com câncer de mama em todos os níveis de escolaridade, para melhorar a aptidão física e promover o autocuidado funcional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-06-01
Como Citar
Matias, G., Guerra, A., Souza Filho, B., Lima, J., Carmo, C., & Mattos, I. (2018). Repetibilidade e reprodutibilidade de um manual de exercícios físicos domiciliares. Fisioterapia E Pesquisa, 25(2), 209-216. https://doi.org/10.1590/1809-2950/17010425022018
Seção
Pesquisa Original