Comparação da severidade do déficit neurológico de pacientes com acidente vascular cerebral isquêmico agudo submetidos ou não à terapia trombolítica

  • Laíde Hanauer Centro Universitário Metodista
  • Débora Schmidt Hospital de Clínicas de Porto Alegre
  • Raquel Estauber de Miranda Centro Universitário Metodista
  • Marcelo Krás Borges Centro Universitário Metodista
Palavras-chave: Acidente Vascular Cerebral, Manifestações Neurológicas, Avaliação

Resumo

O acidente vascular cerebral é responsável por elevadas taxas de mortalidade e dependência funcional em adultos. A terapia precoce com trombolítico intravenoso tem sido associada a um melhor prognóstico funcional. O objetivo deste estudo foi comparar a severidade do déficit neurológico de pacientes que receberam ou não terapia trombolítica após AVC. Foram avaliados 56 pacientes, 18 que receberam trombolítico (Grupo GT) e 38 que não receberam a terapia trombolítica (GNT). Os indivíduos foram avaliados na internação e na alta hospitalar (AH) quanto a severidade do déficit pela National Institutes of Health Stroke Scale (NIHSS). A média de idade da amostra estudada foi de 65,9±11,4 anos. Os pacientes do GT apresentaram melhora significativa no escore da NIHSS entre a internação e a AH (p=0,004), além de no momento da AH apresentarem déficit neurológico menos severo quando comparado ao GNT (p=0,028). A incidência de déficit moderado a grave foi menor no GT (p<0,005), sendo que 26,7% dos pacientes estavam sem déficit no momento da AH. Conclui-se que os pacientes que receberam trombolítico apresentaram melhor recuperação dos déficits neurológicos avaliados pela NIHSS quando comparado ao grupo que não recebeu terapia trombolítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-06-01
Como Citar
Hanauer, L., Schmidt, D., Miranda, R., & Borges, M. (2018). Comparação da severidade do déficit neurológico de pacientes com acidente vascular cerebral isquêmico agudo submetidos ou não à terapia trombolítica. Fisioterapia E Pesquisa, 25(2), 217-223. https://doi.org/10.1590/1809-2950/18020425022018
Seção
Pesquisa Original