Efeitos do exercício físico em idosos fragilizados: uma revisão sistemática

Palavras-chave: Idoso Fragilizado, Exercício, Promoção da Saúde, Revisão

Resumo

A fragilidade é uma condição instável relacionada ao declínio funcional, que afeta a interação do indivíduo com o ambiente, podendo causar limitação no desempenho das atividades de vida diária e perda de autonomia. O objetivo deste estudo foi realizar um aprofundamento teórico sobre os efeitos do exercício físico em idosos fragilizados. Trata-se de uma revisão sistemática de estudos publicados entre 2011 e 2016 nas bases de dados Medline, PubMed, PEDro, SciELO e Lilacs. Após a busca de dados, 12 artigos foram incluídos na pesquisa, os quais salientam os efeitos positivos do exercício físico sobre a fragilidade, enfatizando o treinamento multicomponente com regularidade de duas a três vezes por semana. Pode-se concluir que os exercícios físicos trazem efeitos benéficos para os idosos fragilizados quanto aos aspectos físicos e cognitivos e na qualidade de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-08-20
Como Citar
Pillatt, A. P., Nielsson, J., & Schneider, R. (2019). Efeitos do exercício físico em idosos fragilizados: uma revisão sistemática. Fisioterapia E Pesquisa, 26(2), 210-217. https://doi.org/10.1590/1809-2950/18004826022019
Seção
Revisão sistemática