Mudança na biomecânica da postura sentada afeta a função pulmonar

Palavras-chave: Postura, Mecânica Respiratória, Espirometria, Ergonomia

Resumo

Este trabalho teve como objetivo caracterizar as posturas induzidas por dois sistemas diferentes de cadeiramesa e analisar seus efeitos na função pulmonar. Trata-se de estudo transversal, descritivo, do tipo sujeito único e intrasséries (A-B, B-A), com coleta em dias consecutivos. Participaram da pesquisa 15 voluntárias e foram utilizados dois sistemas cadeira-mesa: convencional (A) e experimental (B). A postura foi avaliada por meio de fotogrametria em cada um dos sistemas, com imagens analisadas por meio do programa AutoCAD 2010. Posteriormente, foram calculados os ângulos articulares da postura média das participantes em cada sistema. Os dados posturais e respiratórios foram comparados considerando as diferentes posições adotadas. O sistema cadeira-mesa convencional promoveu dois diferentes padrões posturais: um deles apresentou ângulos articulares similares aos do sistema experimental, com resultados de espirometria semelhantes, e o outro padrão apresentou ângulos corporais de acordo com os padrões esperados com valores de espirometria significativamente inferiores em VEF1 , VEF1 /CVF e FEFmáx. O sistema experimental diferiu de valores de espirometria da postura ortostática relatados na literatura somente em FEFmáx, sugerindo similaridade de condição postural. Conclui-se que o mobiliário experimental melhorou a função respiratória na postura sentada em comparação com o mobiliário tradicional, podendo beneficiar pessoas em condições especiais, como gestantes, obesos e pessoas com doenças pulmonares crônicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-03-31
Como Citar
Contesini, A. M., Silva, T. H., Favero, F., Blascovi-Assis, S. M., Voos, M., & Caromano, F. A. (2019). Mudança na biomecânica da postura sentada afeta a função pulmonar. Fisioterapia E Pesquisa, 26(3), 265-274. https://doi.org/10.1590/1809-2950/18010326032019
Seção
Pesquisa Original