A duração e a frequência da prática de atividade física interferem no indicativo de sarcopenia em idosos?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1809-2950/19004527012020

Palavras-chave:

Envelhecimento, Atividade Motora, Sistema Musculoesquelético

Resumo

A sarcopenia é uma síndrome caracterizada pela perda progressiva de massa muscular e está associada a desfechos adversos na saúde de idosos. A atividade física tem sido apontada como uma importante ferramenta para a prevenção da sarcopenia. Diante disso, este estudo investigou a relação da duração e frequência da prática de atividade física com os indicativos de sarcopenia de idosos. Participaram deste estudo transversal 551 idosos praticantes de atividade física nas academias da terceira idade do município de Maringá (PR). Como instrumentos foram utilizados o international physical activity questionnaire (IPAQ) e o SARC-F. A análise dos dados foi conduzida por meio dos testes de Kolmogorov-Smirnov, correlação de Spearman e a análise de equações estruturais (p<0,05). Os resultados evidenciaram que os idosos deste estudo realizam atividades físicas leves (Md=3) e moderadas (Md=2) semanalmente, mas não praticam atividades vigorosas (Md=0), e apresentam baixo indicativo de sarcopenia (Md=1). A análise de equações estruturais revelou que as variáveis de atividades leves e moderadas apresentaram associação significativa (p<0,05), e negativa com o escore de indicativo de sarcopenia, entretanto fraca (β<0,20), explicando 7% da sua variabilidade. Concluiu-se que a prática de atividades física leves e moderadas parece ser fator interveniente no indicativo de sarcopenia em idosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-06-14

Como Citar

Oliveira, D. V. de ., Yamashita, F. C., Santos, R. M. ., Freire, G. L. M., Pivetta, N. R. S., & Nascimento Júnior, J. R. A. do. (2021). A duração e a frequência da prática de atividade física interferem no indicativo de sarcopenia em idosos?. Fisioterapia E Pesquisa, 27(1), 71-77. https://doi.org/10.1590/1809-2950/19004527012020

Edição

Seção

Pesquisa Original