Exploração de fatores de risco para lesões desportivas em atletas de tênis de mesa

Autores

  • Tamlyn Shimazaki UNESP; Faculdade de Ciências e Tecnologia
  • Eliezer de Almeida UNESP; Faculdade de Ciências e Tecnologia
  • Franciele Marques Vanderlei UNESP; Faculdade de Ciências e Tecnologia
  • Dino de Aguiar Cintra Filho UNESP; Faculdade de Ciências e Tecnologia
  • Luiz Carlos Marques Vanderlei UNESP; Faculdade de Ciências e Tecnologia
  • Carlos Marcelo Pastre UNESP; Faculdade de Ciências e Tecnologia
  • Fabio Nascimento Bastos Universidade Estadual do Norte do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502012000200012

Palavras-chave:

traumatismos em atletas, fatores de risco, inquéritos de morbidade

Resumo

A prática do tênis de mesa requer inúmeras ações dinâmicas que podem conduzir a lesões desportivas, por isso é de importância conhecer fatores inerentes ao traumatismo nos atletas para posterior formulação dos modelos preventivos. Objetivou-se explorar os fatores de risco para lesões desportivas em mesa-tenistas. Para isso, foram entrevistados 111 atletas participantes do Campeonato Paulista de Tênis de Mesa, com média de idade de 22,39±8,88 anos de ambos os gêneros, recrutados ao acaso, classificados em dois níveis competitivos: regional/estadual e nacional/internacional. Utilizou-se o Inquérito de Morbidade Referida adaptado com as características do tênis de mesa com a finalidade de reunir dados pessoais, de treinamento e da lesão desportiva. Foram observadas 0,51 lesões por atleta, e os atletas de nível nacional/internacional apresentaram maiores índices de lesão (52,94%) do que os de nível estadual/regional (48,84%). No gesto específico, notou-se que os membros superiores (93,62%) e o tronco (87,5%) são os locais mais acometidos. Para ambos os níveis, o treinamento foi o momento mais relatado de ocorrência dos agravos. Conclui-se que atletas de nível nacional/internacional possuem maiores índices de lesão e que o gesto específico é a principal causa das lesões, acometendo principalmente os membros superiores e o tronco e ocorrendo com maior frequência durante o treinamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-01

Como Citar

Shimazaki, T., Almeida, E. de, Vanderlei, F. M., Cintra Filho, D. de A., Vanderlei, L. C. M., Pastre, C. M., & Bastos, F. N. (2012). Exploração de fatores de risco para lesões desportivas em atletas de tênis de mesa. Fisioterapia E Pesquisa, 19(2), 158-164. https://doi.org/10.1590/S1809-29502012000200012

Edição

Seção

Pesquisas Originais