Percepção dos familiares de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva em relação à atuação da Fisioterapia e à identificação de suas necessidades

Autores

  • Abel Brasileiro de Almeida Neto Universidade Estadual de Campinas; Hospital de Clínicas
  • Daiana Teresinha Oliveira Evangelista Universidade Estadual de Campinas; Hospital de Clínicas
  • Fabiana Cristina Tsuda Universidade Estadual de Campinas; Hospital de Clínicas
  • Marina de Jesus Piccinin Universidade Estadual de Campinas; Hospital de Clínicas
  • Augusto César Roquejani HC-Unicamp; UTI
  • Carolina Kosour HC-Unicamp; UTI

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1809-29502012000400007

Palavras-chave:

humanização da assistência, Unidade de Terapia Intensiva, Fisioterapia

Resumo

Trata-se de um estudo descritivo e de abordagem qualitativa, que teve como objetivo verificar o conhecimento dos familiares de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas com relação à atuação da Fisioterapia intensiva neste serviço, bem como identificar suas necessidades. Foram entrevistados 60 familiares, sendo estes questionados a respeito do serviço de Fisioterapia e submetidos ao Inventário de Necessidades e Estressores de Familiares em Terapia Intensiva. Foi observado que a maioria deles desconhecia a atuação da Fisioterapia em tal Unidade, porém os que conheciam atribuíram nota máxima ao serviço. Em relação às necessidades dos familiares, notou-se que 56,7% julgaram necessário saber fatos concretos a respeito do progresso de seu familiar; 60% gostariam de ter a certeza que seu familiar está recebendo o melhor tratamento e 71,7% gostariam de ter dias e horários de visitas mais flexíveis. Constatou-se a falta de informações dos entrevistados em relação à atuação da Fisioterapia na Unidade de Terapia Intensiva. Foram identificadas as necessidades dos familiares, sendo possível, com isto, executar ações de melhoria. Por meio do presente estudo, a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas identificou as principais necessidades dos familiares, adequou o espaço físico, implementou salas de acolhimento familiar e o curso de especialização em Fisioterapia Respiratória em Unidade de Terapia Intensiva Adulto, e criou informativos visuais quanto à sua atuação para melhores acolhimento e compreensão dos familiares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-01

Como Citar

Almeida Neto, A. B. de, Evangelista, D. T. O., Tsuda, F. C., Piccinin, M. de J., Roquejani, A. C., & Kosour, C. (2012). Percepção dos familiares de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva em relação à atuação da Fisioterapia e à identificação de suas necessidades . Fisioterapia E Pesquisa, 19(4), 332-338. https://doi.org/10.1590/S1809-29502012000400007

Edição

Seção

Pesquisa Original