Em busca da Geografia perdida: poética, narrativa e paisagem em Marcel Proust

  • Cláudio Benito Ferraz Universidade Estadual Paulista
Palavras-chave: Proust, Verdade, Paisagem.

Resumo

Este artigo objetiva estabelecer alguns apontamentos sobre a obra de Marcel Proust, principalmente o seu clássico Em Busca do Tempo Perdido, em direção a outros sentidos para a linguagem geográfica, notadamente a partir do mergulho no cotidiano, os detalhes das coisas, sentimentos e fenômenos que acontecem nos diversos lugares em que a vida humana se territorializa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio Benito Ferraz, Universidade Estadual Paulista
Professor Doutor em Geografia do Departamento de Educação da FCT/UNESP de Presidente Prudente (SP). Coordenador do Grupo de Pesquisa Linguagens Geográficas. Membro da Rede Imagens, Geografias e Educação.
Publicado
2018-01-15
Como Citar
Ferraz, C. (2018). Em busca da Geografia perdida: poética, narrativa e paisagem em Marcel Proust. Revista Geografia, Literatura E Arte, 1(1), 148-170. https://doi.org/10.11606/issn.2594-9632.geoliterart.2018.142145
Seção
Artigos