Reorganização do espaço metropolitano e marketing territorial: O caso da Grande Curitiba

Autores

  • Fernanda Ester Sánchez García Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.1997.123224

Palavras-chave:

Refuncionalização, marketing territorial, metropolização

Resumo

Este artigo procura reconhecer, discutiré levantar questões acerca das profundas transformações pelas quais vem passando a Região Metropolitana de Curitiba como decorrência da chegada das grandes montadoras de veículos automotores, e dos impactos destes empreendimentos no processo de desorganização e reorganização do espaço social da metrópole. Com efeito, verificamos hoje uma marcante refuncionalização da metrópole para adaptá-la a uma nova ordem que se impõe. O poder exercido pelos novos empreendimentos, profundamente desorganizador das configurações espaciais pretéritas, nos compromete, daqui em diante, a enfrentar alguns desafios analíticos constituídos em temas principais desta abordagem. Ao debruçar-se sobre estes recentes fenômenos na grande Curitiba, o artigo registra inquietações, algumas certezas e muitas dúvidas acerca das profundas e irreversíveis modificações no cenário da metrópole

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Ester Sánchez García, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Departamento de Geografia USP

Downloads

Publicado

1997-04-24

Como Citar

GARCÍA, F. E. S. Reorganização do espaço metropolitano e marketing territorial: O caso da Grande Curitiba. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 1, n. 1, p. 41-55, 1997. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.1997.123224. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/123224. Acesso em: 16 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos