Ilha de Carateteua: Belém/PA: o núcleo modelo de ocupação e as formas de produção do espaço

Autores

  • Maria de Jesus Benjamin da Silva Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.1998.123286

Palavras-chave:

espaço - urbano - (re)produção - relações - capital

Resumo

Este trabalho aborda a diversidade do processo de produção e reprodução do espaço urbano. A realidade analisada é a Ilha de Caratateua, que é parte integrante da Região Metropolitana de Belém. Nesta perspectiva, o processo de produção do espaço fundado nas relações de trabalho e através destas, nas relações entre o homem e a natureza, coloca-se com o urna relação que deve ser entendida em várias determinações: econômicas, políticas, ideológicas, sociais, culturais, jurídicas e filosóficas, que o integram . Em que medida estes fatores produzem na llha de Caratateua um espaço urbano com o condição e meio de reprodução da força do trabalho, é nossa preocupação fundamental de análise, a relação capital versus trabalho e também as relações sociais neste espaço urbano, verificando a complexidade existente através do crescimento urbano desordenado que produziu e reproduz o desequilíbrio no uso do solo urbano da Ilha

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Jesus Benjamin da Silva, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

Departamento de Geografia-FFLCH/USP

Downloads

Publicado

1998-12-07

Como Citar

SILVA, M. de J. B. da. Ilha de Carateteua: Belém/PA: o núcleo modelo de ocupação e as formas de produção do espaço. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 2, n. 1, p. 85-90, 1998. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.1998.123286. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/123286. Acesso em: 4 out. 2023.

Edição

Seção

Artigos