A metrópole e as razões da razão técnica

Autores

  • Armando Corrêa da Silva Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.1999.123340

Palavras-chave:

Técnica, metrópole, função, indivíduo, mentalidade

Resumo

O autor refere-se ao fato de a tecnologia ganhar independência em relação à ciência e à filosofia, afirmando o predomínio da função sobre o movimento. Então, a explicação global torna-se dependente na sub-totalidade e o todo não desaparece, mas muda de lugar, ou seja, passa dos objetos às relações. O assunto é referido ao social e à metrópole

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Armando Corrêa da Silva, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

Professor Titular do Departamento de Geografia da FFLCH/USP

Downloads

Publicado

1999-04-24

Como Citar

SILVA, A. C. da. A metrópole e as razões da razão técnica. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 3, n. 1, p. 11-18, 1999. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.1999.123340. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/123340. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos