Crítica à apologia dos objetos

Autores

  • Paulo Cesar Scarim Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.1999.123347

Palavras-chave:

Objeto técnico, razão, conceito, espaço geográfico e modernidade

Resumo

Em nenhuma outra época a humanidade produziram-se tantos objetos. Sobre esta afirmação é necessário que recaia uma análise. Os reflexos deste fato sobre as noções e conceitos do pensar geográfico é o centro deste artigo

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Cesar Scarim, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

Mestrando em Geografia Humana USP

Downloads

Publicado

1999-04-24

Como Citar

SCARIM, P. C. Crítica à apologia dos objetos. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 3, n. 1, p. 57-60, 1999. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.1999.123347. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/123347. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos