Espaço Público e Acessibilidade: Notas para uma abordagem geográfica

Autores

  • Angelo Serpa Universidade Federal da Bahia. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2004.123865

Palavras-chave:

Espaço público, cidade contemporânea, acessibilidade, apropriação, identidade

Resumo

No espaço público da cidade contemporânea, o "capital escolar" e os modos de consumo são os elementos determinantes das identidades sociais. Aqui, diferença e desigualdade articulam-se no processo de apropriação espacial, definindo uma acessibilidade que é, sobretudo, simbólica. Visto assim, acessibilidade e alteridade têm uma dimensão de classe evidente, que atua na territorialização (e, na maior parte dos casos, na privatização) dos espaços públicos urbanos. Mas, afinal, que qualidades norteiam a apropriação social do espaço público na cidade contemporânea? Como explicar a apropriação seletiva e diferenciada de espaços, que, em tese, seriam - ou deveriam ser - acessíveis a todos? O presente trabalho pretende discutir essas e outras questões, baseando-se em uma revisão bibliográfica comentada das contribuições filosóficas de Hannah Arendt, Jürgen Habermas, Walter Benjamin e Henri Lefebvre. Em seguida, a partir da análise de exemplos concretos de espaços públicos, em cidades como Salvador, São Paulo e Paris, objetiva-se uma aplicação empírica dos conceitos discutidos, buscando-se elucidar as dimensões socioculturais e políticas da apropriação social destes espaços urbanos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angelo Serpa, Universidade Federal da Bahia. Departamento de Geografia

Professor Adjunto Doutor do Departamento e Mestrado de Geografia, da Universidade Federal da Bahia

Downloads

Publicado

2004-06-17

Como Citar

SERPA, A. Espaço Público e Acessibilidade: Notas para uma abordagem geográfica. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 8, n. 1, p. 21-37, 2004. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2004.123865. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/123865. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos