exploração dos ecossistemas dos manguezais enquanto apropriação do espaço na cidade de Angoche

Autores

  • Alexandre H. M. Baia Universidade Eduardo Mondlane Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2004.123893

Palavras-chave:

Ecossistema dos mangais, uso, comunidade local, apropriação do espaço, cidade de Angoche

Resumo

O artigo apresenta uma reflexão sobre a relação entre a população e os recursos naturais, com enfoque específico no ecossistema dos mangais. Descreve algumas práticas da vida quotidiana e que caracterizam a exploração dos mangais na cidade de Angoche; daí parte para uma reflexão em torno dos processos de produção do espaço: a apropriação do espaço. O artigo revela a importância desta categoria de análise para a compreensão das dinâmicas correntes na relação população e recursos naturais

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre H. M. Baia, Universidade Eduardo Mondlane Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

Docente da Universidade Eduardo Mondlane - Moçambique e Mestrando no Programa de Geografia Humana FFLCH/USP

Downloads

Publicado

2004-06-17

Como Citar

BAIA, A. H. M. exploração dos ecossistemas dos manguezais enquanto apropriação do espaço na cidade de Angoche. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 8, n. 1, p. 171-177, 2004. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2004.123893. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/123893. Acesso em: 8 dez. 2021.

Edição

Seção

Intercâmbio