NATUREZA E CULTURA NAS ORIGENS DA GEOLOGIA ESPANHOLA

Autores

  • Horácio Capel Universidade de Barcelona. Faculdade de Geografia. Departamento de Geografia Humana

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2006.73988

Palavras-chave:

Criação, geologia, Bíblia, ciência, fé.

Resumo

O prestigiado geógrafo espanhol Horácio Capel relata os tempos polêmicos da Idade Moderna, onde a questão da ciência e da fé, de onde se encontrava a explicação da criação da Terra, era de fundamental importância para o processo de consolidação da ciência moderna, separando as explicações de cunho científico das de cunho teológico, configurando-se esses tempos como tempos de reflexão de idéias tradicionais com a reformulação de seus conceitos. Nesse período revolucionário da história, onde a história da criação do planeta estava sendo questionada, a geologia era um ponto estratégico nos discursos científicos, e o avanço em seus estudos, incluso na Espanha, significava um avanço também nesses discursos, que certamente entrariam em atrito com os relatos sagrados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Horácio Capel, Universidade de Barcelona. Faculdade de Geografia. Departamento de Geografia Humana

Departamento de Geografia Humana, Faculdade de Geografia, Universidade de Barcelona. Tradução por André Geraldo Berezuk*, Jorge Ulisses Guerra Villalobos**.*Doutorando em Geografia pela UNESP - Campus Presidente Prudente. E-mail: aberezuk@bol.com.br**Professor Doutor pela Universidade Estadual do Maringá - PR. E-mail: jorgegeo@hotmail.com

Downloads

Publicado

2006-12-30

Como Citar

CAPEL, H. NATUREZA E CULTURA NAS ORIGENS DA GEOLOGIA ESPANHOLA. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 10, n. 2, p. 09-31, 2006. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2006.73988. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/73988. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos