A PROPOSTA CURRICULAR DO ESTADO DE SÃO PAULO E O COTIDIANO ESCOLAR

Autores

  • Sandra de Castro Pereira Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2009.74142

Palavras-chave:

Educação, Proposta Curricular e Cotidiano escolar

Resumo

Os baixos índices do desempenho educacional aliado às exigências de melhoria e da universalização do ensino, realizadas pelos órgãos e instituições internacionais, são os elementos norteadores da política pública de educação do Estado de São Paulo. O discurso do governo destaca o professor como o principal responsável pelo baixo rendimento, atrelando este à má formação e ao descompromisso desses profissionais. Essa visão reduz a problemática educacional a um elemento, enquanto na verdade várias pesquisas desenvolvidas já concluíram que esta problemática é resultado de fatores externos e internos da escola. Seguindo sua linha de raciocínio, o Governo do Estado de São Paulo implementou uma Proposta Curricular, a qual na prática impossibilita a sala de aula como lugar de criação.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Sandra de Castro Pereira, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

    Aluna de doutorado em Geografia Humana pelo programa de pós-graduação do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo (FFLCH/USP). Orientadora: Glória da Anunciação Alves.

Referências

EZPELETA, Justa; ROCKWELL, Elsie. Pesquisa Participante. São Paulo: Cortez, 1989.

LEFEBVRE, Henri. La production de l’espace. Paris: Éditions Anthropos, 1974.

NEVES, Lúcia Maria Wanderley. Brasil 2000: nova divisão de trabalho na educação. 2ed. São Paulo: Xamã, 2000.

PONTUSCHKA , Nídia Nacib. Geografia, representações sociais e escola pública. In: Terra Livre: Geografia Política e cidadania. n. 15. ano 2000. AGB págs 145-154.

SÃO PAULO (ESTADO) SECRETAR IA DA EDUCAÇÃO. Caderno do Professor: geografia, ensino fundamental – 5ª série, 2º bimestre/Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini; equipe: Jaime Tadeu Oliva, Raul Borges Guimarães, Regina Célia Corrêa de Araújo, Sérgio Adas, Angela Corrêa da Silva. – São Paulo: SEE, 2008.

SÃO PAULO (ESTADO) SECRETAR IA DA EDUCAÇÃO. Caderno do Professor: geografia, ensino fundamental – 5ª série, 3º bimestre/Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini; equipe: Jaime Tadeu Oliva, Raul Borges Guimarães, Regina Célia Corrêa de Araújo, Sérgio Adas, Angela Corrêa da Silva. – São Paulo: SEE, 2008.

SÃO PAULO (ESTADO) SECRETAR IA DA EDUCAÇÃO. Caderno do Professor: geografia, ensino fundamental – 5ª série, 4º bimestre/Secretaria da Educação; coordenação geral, Maria Inês Fini; equipe: Jaime Tadeu Oliva, Raul Borges Guimarães, Regina Célia Corrêa de Araújo, Sérgio Adas, Angela Corrêa da Silva. – São Paulo: SEE, 2008.

SÃO PAULO (ESTADO) SECRETAR IA DA EDUCAÇÃO. Proposta Curricular do Estado de São Paulo: Geografia. Coordenadora Maria Inês Fini. São Paulo: 2008.

SOUZA, D. T. R. A formação continuada de professores como estratégia fundamental para a melhoria da qualidade de ensino: uma reflexão crítica. In: Educação e Pesquisa, São Paulo, v.32, n3, 2006.

UNESCO. Relatório de Monitoramento Global de EPT 2003/4: Educação para todos: gêneros e educação para todos: o salto para a igualdade. Tradução B&C Revisão de Textos S/C. Ltda. São Paulo: Moderna, 2004.

Downloads

Publicado

2009-12-30

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

PEREIRA, Sandra de Castro. A PROPOSTA CURRICULAR DO ESTADO DE SÃO PAULO E O COTIDIANO ESCOLAR. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), São Paulo, Brasil, v. 13, n. 3, p. 71–78, 2009. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2009.74142. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74142.. Acesso em: 21 jul. 2024.