Geografias do turismo no vasto continente africano

Autores

  • Davis Gruber Sansolo Universidade Federal do Rio de Janeiro. Laboratório de Tecnologias e Desenvolvimento Social
  • Rita de Cássia Ariza da Cruz Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Geografia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74213

Palavras-chave:

África, Turismo, Produção do espaço, Hegemonia.

Resumo

Este artigo faz uma análise da espacialização do turismo no continente africano, a partir de uma breve contextualização histórica. Alem disso, faz uma leitura critica da inserção deste continente nos roteiros turísticos internacionais. Para tanto, constrói uma proposta de regionalização da África em função de seu uso e apropriação pela atividade turística. Para além, todavia, da ação hegemônica dos agentes hegemônicos da produção dos espaços para o turismo, considera, também, a existência de contrarracionalidades hegemônicas relacionadas ao turismo no continente, manifestadas na forma de experiências de turismo de base comunitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-30

Como Citar

SANSOLO, D. G.; CRUZ, R. de C. A. da. Geografias do turismo no vasto continente africano. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 15, n. 2, p. 171-186, 2011. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74213. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74213. Acesso em: 20 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>