“CRISE E SUPERAÇÃO NO ÂMBITO DA GEOGRAFIA CRITICA: CONSTRUINDO A METAGEOGRAFIA”.

Autores

  • Ana Fani Alessandri Carlos Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74229

Palavras-chave:

Geografia crítica, Metageografia, Espaço, Prática sócio-espacial

Resumo

 O ponto de partida do raciocínio, desenvolvido aqui, visando a construção do que denomino de metageografia é, por um lado, o reconhecimento de um estado de crise da geografia, e por outro lado seu papel como possibilidade, ainda em que seus limites como ciência parcelar, de compreender o mundo moderno, já que o conhecimento pode se constituir como um movimento em direção à uma totalidade aberta. Em um sentido mais amplo, se trata de pensar o lugar da geografia na explicação da realidade em constante transformação. Se é possível pensar que, apesar de seus avanços, a Geografia vive um estado de crise? Deparamos-nos com a exigência de revelar seus sintomas e como consequência, a necessidade de construção de um caminho frente a necessidade de compreensão da realidade a partir da ou através da Geografia. A metageografia é a proposta de um caminho teórico-metodológico de superação do estado de crise en que se encontra a disciplina a partir da prática sócio-espacial como momento explicativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Fani Alessandri Carlos, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Professora Titular do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2011-04-30

Como Citar

CARLOS, A. F. A. “CRISE E SUPERAÇÃO NO ÂMBITO DA GEOGRAFIA CRITICA: CONSTRUINDO A METAGEOGRAFIA”. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 15, n. 3, p. 14-28, 2011. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74229. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74229. Acesso em: 20 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos