ESCOLA, LUGAR E PODER: UMA ANÁLISE GEOGRÁFICA A PARTIR DE SÃO CAETANO DO SUL, SP, BRASIL.

Autores

  • Eduardo Donizeti Girotto Universidade Estadual do Oeste do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74233

Palavras-chave:

Lugar, Poder, Discurso, Ensino, Escola

Resumo

O presente artigo, resultado de pesquisas desenvolvidas junto ao Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana, nível mestrado, da Universidade de São Paulo, tem como objetivo analisar de que forma os interesses políticos locais interferem na organização pedagógica e administrativas das escolas públicas municipais de São Caetano do Sul. Para tanto, a partir de um olhar geográfico, analisamos, com maior detalhe, o caso de uma das principais escolas públicas municipais da cidade, com um olhar investigativo a partir de dentro, que toma a experiência do próprio pesquisador como ponto de partida. A compreensão das práticas sócio-espaciais que ocorrem na cidade, em nossa perspectiva, são fundamentais para o entendimento das relações pedagógicas e políticas que ocorrem na escola, bem como o significado da mesma como espaço social, alvos dos mais diferentes interesses e estratégias de reprodução espacial do poder.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Donizeti Girotto, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Mestre em Geografia Humana. Professor Assistente do Colegiado de Geografia, Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE).

Downloads

Publicado

2011-04-30

Como Citar

GIROTTO, E. D. ESCOLA, LUGAR E PODER: UMA ANÁLISE GEOGRÁFICA A PARTIR DE SÃO CAETANO DO SUL, SP, BRASIL. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 15, n. 3, p. 77-89, 2011. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74233. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74233. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos